Alunos da ESP se destacam na etapa regional do JEMG

Alunos da Escola São Paulo (ESP) se destacaram na etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), que aconteceu de terça-feira (26) a sábado (30), em Além Paraíba.

Os atletas obtiveram excelentes resultados nas categorias de xadrez e handball. Segundo o professor Matheus André Marge, os alunos que se destacaram no campeonato de xadrez, são naturais de uma escola estadual localizada no distrito de Bom Jesus da Cachoeira.

“Após uma parceria com a Escola São Paulo, os alunos passaram a estudar em Muriaé e, automaticamente, começaram a competir pela instituição de ensino. Minha ideia, após o JEMG 2018, é expandir o projeto na cidade através de uma Liga Municipal”, conta.

Segundo o professor Matheus, a Escola São Paulo tem dado grandes oportunidades de estudos para estes alunos, que são extremamente dedicados. “A ESP tem sido um grande elo entre o meu trabalho no distrito e aqui em Muriaé, dando oportunidade para estes alunos crescerem e se desenvolverem na vida”, diz o professor que trabalha com xadrez escolar, desde 2013, em instituições da Rede Estadual de Ensino.

“Procurei sempre implantar a atividade nas escolas por onde passei. A intenção foi utilizar o xadrez como um caminho para novas oportunidades. Sou formado em Educação Física e amante do xadrez, por isso fico feliz em ver que a modalidade é considerada um esporte da mente, que valoriza o indivíduo. Espero que, cada vez mais alunos, não só da ESP, mas das redes estadual e municipal, possam ter o contato com o xadrez. Aproveito a oportunidade para agradecer ao professor José Nicodemos Couto, que tem ajudado neste pontapé inicial da prática do xadrez em Muriaé”, conta.

De acordo com o professor, os alunos da ESP participaram, primeiramente, do JEM 2018, que foi muito disputado. “Após a fase municipal, os alunos foram classificados para a etapa microrregional. Foram apenas quatro classificados nos dois módulos e nas categorias feminina e masculina. Os alunos obtiveram um excelente resultado para Muriaé. Ao todo, três alunos conseguiram se classificar para a fase estadual do JEMG 2018, na cidade de Barbacena: Maria Clara Silva Lopes e Rhuan Braga de Freitas da ESP, e Maria Clara Braga Magalhães, da Escola Estadual João Alves Bittencourt Sobrinho, do distrito de Bom Jesus da Cachoeira”, conta.

O professor de Educação Física, Danilo de Castro Goulart, disse que os alunos da ESP também disputaram Handball, em Além Paraíba, a fase regional do JEMG 2018.

“Para esta etapa, os alunos participaram, anteriormente, dos Jogos Estudantis de Muriaé (JEM), no qual alcançaram o primeiro lugar. Com esta classificação, os alunos seguiram para a microrregional do JEMG, que abrange 11 cidades da região, tornando-se, também, campeões, vencendo todos os jogos disputados. Assim, os atletas seguiram para a fase regional, que aconteceu em Além Paraíba, na última semana, com duas vitórias, uma derrota e um saldo de gols muito bom, alcançando o primeiro lugar da chave e a medalha de bronze na última etapa da regional, pelo placar de 11 a 6. Os atletas voltaram pra casa felizes com a medalha, mas acredito que, mais do que a medalha no peito, foi o crescimento técnico e emocional de todos eles. Todos amadureceram bastante desde o primeiro jogo disputado, na fase municipal, até os últimos fora da cidade. Aproveito a oportunidade para agradecer aos pais, que saíram de Muriaé para acompanhar o desempenho de seus filhos neste momento importante da vida escolar. Sem dúvida, a relação família-escola é tudo que um jovem precisa. Também agradeço à Escola São Paulo pelo incentivo, por voltar a participar destas competições, além dos demais professores que ajudaram a formar nossos atletas desde a sua base”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *