Atletas de Muriaé vencem no Arnold Classic Brasil

Atletas de Muriaé vencem no Arnold Classic Brasil
Hugo, Wverlan, Lucas, Gilbert, Édson, Clarisse, Jéssica e Daniel

Seis atletas de Muriaé participaram do Arnold Classic Brasil, o maior evento multiesportivo do mundo, idealizado pelo ator, político e ex-fisiculturista, Arnold Schwarzenegger, que aconteceu entre os dias 29 e 31 de maio, no Riocentro, Rio de Janeiro. Clarisse Aquiles, Édson Silva, Jéssica dos Santos, Lucas Sevenini, Wverlan Braga e Hugo Lima, da equipe Thai Fighters, voltaram para a casa com medalhas de ouro e de prata, após disputarem na modalidade K1 de artes marciais.

Os primeiros muriaeenses a subirem ao octógono, na sexta-feira (29), foram Édson, Clarisse e Lucas. O resultado das quatro lutas – sendo uma GP – foi positivo para a equipe.

Édson Silva já é veterano em disputas. Em cinco lutas, conquistou cinco vitórias – três por nocaute, uma por WO e uma por pontuação. A sua vitória no Arnold Classic Brasil foi surpreendente. Ele recebeu um golpe, chegou a cair, mas levantou-se rapidamente e partiu para cima do adversário. “Com a humildade de sempre, conseguimos fazer uma boa luta. Para mim, esta foi a luta mais difícil. Foi uma luta de superação. Estou feliz e satisfeito com o resultado dos treinamentos. E não para por aqui. Mais vitórias virão”, afirma ele, que competiu na categoria até 85Kg.

A veterana Clarisse Aquiles (categoria até 56 Kg), de 17 anos, também trouxe na bagagem uma medalha de ouro. “Esse evento foi uma excelente experiência para todos nós. Tiramos um bom proveito. Foi um combate duro para todos”, conta.

Aliviado e ao mesmo tempo feliz, já em sua estreia, Lucas Sevenini (categoria Absoluto) disputou um GP e trouxe a medalha de ouro para a cidade e para a equipe. “Já faço parte da equipe há quatro anos e minha estreia foi adiada por várias vezes por motivo de contusões. Lutar e vencer foi um alívio. Fui com o ‘coração na luva’, mas tinha que fazer toda a equipe se orgulhar de mim. Fui focado na vitória”, afirma.

No sábado, foi a vez de Hugo Lima, de 14 anos, subir ao octógono. Em sua segunda luta, ele trouxe para Muriaé a medalha de Prata. “Foi muito bom representar a equipe Thai Fighters em um evento como este. Infelizmente não consegui a medalha de Ouro, mas não vou desistir”, diz ele, que disputou na categoria até 50 Kg.

Já Jéssica dos Santos (categoria até 70 Kg) e Wverlan Braga (categoria até 60 Kg) competiram no domingo. “Vencer é uma sensação muito boa. São muitos dias de preparação, com treinamento duro, todos os dias, sem descanso. Esta foi uma de várias vitórias que pretendo alcançar”, afirma Jéssica. “Estou muito feliz. O evento foi top. Toda a equipe está de parabéns. Todos somos campeões, que, por mérito, conseguimos vencer”, diz Wverlan Braga.

A Thai Fighters foi reconhecida pela organização do evento, segundo o treinador, Gilbert Almeida, como uma das melhores equipes. “Foi um grande evento. O aproveitamento foi excelente. Os nossos adversários foram os maiores com que os nossos atletas lutaram até hoje. Os seis representaram muito bem a equipe, a nossa cidade e o nosso Estado”, considera.

A equipe receberá uma Moção de Congratulações e Aplausos do vereador Junior da Civil, que foi apresentada na reunião ordinária da Casa Legislativa desta terça-feira (2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *