Três filmes estão em exibição no Cine Veredas

filmesTrês filmes, entre animação, comédia e terror, estarão em exibição no Cine Veredas até a próxima quarta-feira (16): ‘O Pequeno Príncipe’, ‘Ted 2’ e ‘Exorcistas do Vaticano’.

O preço da entrada inteira custa R$14,00 e a meia, R$7,00. Nas segundas e terças-feiras, todos pagam meia entrada. O Cine Veredas informa que só aceita 15 cortesias por sessão. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 8865-6528.

Sociarte:

Edição 452, de 4 de setembro de 2015

 

 

15 anos de Duda Titonelli

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15 anos de Duda Titonelli

A chegada dos 15 anos de Maria Eduarda Titonelli Elias foi comemorada em grande estilo, com uma big festa, que aconteceu no dia 22 de agosto, na AABB. A aniversariante recebe os parabéns dos pais, Francisco Carlos Elias e Rosana Titonelli Souza Elias, e dos irmãos, João Victor e Schineider. (Foto Kennedy)

 

 

Dia do Biólogo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia do Biólogo

Nesta quinta-feira (3) foi comemorado o Dia do Biólogo. O A NOTÍCIA parabeniza a todos esses profissionais que estudam a vida no planeta, e em especial, à bióloga Joelma Crespo (Unopar Muriaé). Vocês realizam um importante trabalho. Felicidades!

 

 

Quem foi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem foi

A esteticista Suzelane Péres (Espaço Suze & Mel), juntamente com o maridão Ronnye Albrigo, foi desfrutar das belezas de Caldas Novas, em Goiânia. A viagem aconteceu entre os dias 27 e 31 de agosto. Caldas Novas é conhecida por suas belezas naturais e por ser um ótimo destino para quem procura um calor refrescante com águas relaxantes.

 

 

 

1 aninho de Nathan

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 aninho de Nathan

O 1º aninho de Nathan foi comemorado com uma linda festa, que aconteceu na sexta-feira (28), no Torre Fest. O aniversariante recebe os parabéns dos pais, Rony Luiz Monteiro e Ariana Almeida Andrade e do irmão Ricardo. Parabéns, e que Nathan cresça com muita saúde! (Foto Central)

 

 

 

15 anos de Raelen

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15 anos de Raelen

Raelen Carla ganhou uma festa para celebrar seus 15 anos. A comemoração aconteceu no sábado (29), no Espaço Fest, no bairro Santana. A aniversariante recebe os parabéns dos pais, Alex Alves Sesta e Maria Luiza Alves (biológicos) e Regina Lúcia de Aguiar Silva e Waldir da Silva (do coração), e também dos irmãos Raíssa, Renato, Regivalde e Reniere. Felicidades mil para você, Raelen! (Foto Central)

 

 

 

Enlace de Drª Luciana e Gregório

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enlace de Drª Luciana e Gregório

A advogada e jornalista, Luciana Archete, trocou alianças com seu amado, o jornalista e editor chefe de redação da Band Triângulo, Gregório José, na tarde desta quarta-feira (2), na cidade de Uberlândia, no cartório local. Ao casal, desejos de muitas felicidades da equipe do A NOTÍCIA.

 

Setembro, Mês da Bíblia

É muito comum ouvir as pessoas se queixarem que têm muita dificuldade em compreender a leitura de textos da Bíblia sagrada. De fato, qualquer texto da Bíblia sagrada só pode ser bem lido e compreendido se se leva em consideração, além do texto que está sendo lido, o seu contexto e o seu pré-texto.

Por este motivo, até a década de 70, a Igreja Católica não permitia que a Bíblia fosse lida por qualquer membro e interpretada sem os devidos estudos e a devida formação. Com o grande evento do Concílio Vaticano segundo, a Igreja se propõe a aproximar da sociedade disposta ao diálogo, ou seja, levando a riqueza de seus ensinamentos e também recebendo a riqueza do ensinamento de cada realidade e de cada cultura. No Brasil, foi criado, em Belo Horizonte, o Mês da Bíblia, com o intuito de fornecer uma formação popular para que um maior número de católicos pudesse ter acesso à Bíblia e poder compreendê-la a partir de uma chave de leitura. O evento, de total sucesso, foi no ano conseguinte ampliado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para todas as dioceses. Este ano, vivemos nosso 44º Mês da Bíblia. A cada ano, a Igreja escolhe um livro ou trechos de um livro para que os fiéis possam, juntos, aprofundar em seu estudo. Durante este período, comissões da CNBB fornecem vários materiais orientativos e formativos para auxiliar no período de formação. As paróquias recebem com antecedência este material, preparam momentos fortes de encontro para as lideranças e sempre vivenciam este mês com campanhas, encontros, gincanas ou feiras bíblicas. O intuito é sempre fornecer aos fiéis chave de leitura, para que o texto possa ser melhor compreendido em seu texto, contexto e pretexto. Somente assim, o fiel, conduzido pelo Espírito Santo, que age sobre toda a Igreja, como em Pentecostes, pode extrair sua síntese e, consequentemente, sua atualização do texto para os dias atuais, sem exageros ou radicalismos.

Este ano, o livro escolhido para leitura e aprofundamento é o quarto Evangelho, o de João. Divergente dos demais evangelhos em estrutura, forma de narrativa e conteúdo, o quarto Evangelho tem o mesmo objetivo dos demais: mostrar a realeza e a santidade de Cristo Jesus. Por isso, João somente apresenta um Cristo glorioso, vencedor e forte. Até mesmo na cena da cruz, o Cristo de João é totalmente arrumado, que chega a desconcertar os seus algozes. A realeza do Cristo vai sendo experimentada e descoberta pelos leitores, baseada em sete sinais, em que o último é o Cristo vitorioso sobre a cruz. Seguindo os passos catequéticos da Igreja, vamos viver este mês de setembro dedicando um pouco de nosso tempo na leitura e aprofundamento deste lindo e riquíssimo texto.

A criminalidade: como contê-la?

A criminalidade é um dos temas que ocupa grande espaço na maioria dos veículos de comunicação. Ver televisão, então, durante o fim da tarde, ligados naqueles programas policiais apresentados ao vivo, é um verdadeiro massacre.

Apesar da ação da polícia, que aos poucos vai conseguindo ferramentas de inteligência, além de recursos como carros blindados e outros tipos de armas destinadas a enfrentar bandidos de alta periculosidade, ela simplesmente não dá conta. Parece que, na maioria das cidades, principalmente os grandes centros, existe uma verdadeira fábrica de delinquentes.

No mês passado, por exemplo, em São Paulo, ocorreram duas chacinas, em que morreram pelo menos 18 pessoas, em um intervalo de menos de duas horas.

A verdade é que há hoje uma banalização dos crimes, principalmente aqueles atentados contra a vida. Adultos e menores homicidas matam pessoas de bem ou não, sem a menor cerimônia, com motivo ou sem motivo.

É sabido que o Estado, além da obrigação constitucional de proteger e de dar segurança aos cidadãos de bem, deve também buscar meios capazes de ressocializar aqueles que praticam crimes, dando a eles a oportunidade da reinserção na sociedade.

Há, porém, algumas dúvidas que pairam sobre o assunto e que valem como questionamentos: existe alguma possibilidade de reintegrar na sociedade um indivíduo praticante de algum crime repugnante e cometido com alto grau de perversidade, após ter cumprido um período de pena e voltar totalmente recuperado ao convívio social para ter uma vida normal? Como ressocializar um indivíduo que leva na alma o instinto assassino, e que é capaz de afirmar que as atrocidades cometidas por ele são porque nada tem a perder, a não ser a própria vida, como se a vida não fosse o que de mais precioso existe?

Claro que, a princípio, não se tem resposta para tais perguntas. Certamente, um indivíduo com esse perfil seria visto com desconfiança no meio social, uma vez que temos visto muitos casos de reincidências graves.

A questão é polêmica e as autoridades terão muito trabalho para buscar a ressocialização desse tipo de criminoso.

Com a palavra, além dos poderes constituídos, os psicólogos, juristas, antropólogos e também os defensores dos direitos humanos, uma vez que, com o avanço da criminalidade, a sociedade está pedindo socorro.

Editorial

O desequilíbrio do governo com os seus gastos tem sido matéria de constantes discussões entre políticos, economistas e a sociedade.
Para tapar os rombos causados pela má administração do governo federal, querem mais uma vez aumentar impostos, sem levar em conta que o Brasil já tem uma das cargas tributárias mais altas do planeta. Chegaram até a levantar a hipótese de se recriar a famigerada CPMF, o imposto sobre a movimentação financeira de pessoas físicas e empresas.

Enquanto avançam as discussões, o que se vê é o seguinte: quanto aos políticos, principalmente os que compõem a base aliada do governo, todos sabem que são eles os propulsores da crise moral que vitimou o país nos últimos anos, e, portanto, não têm a autoridade necessária para buscar soluções; quanto aos economistas que compõem a equipe de governo, eles não se entendem e andam batendo cabeça contra cabeça quanto ao tão falado ajuste fiscal; e, quanto à sociedade, nota-se a sua apreensão com todo esse imbróglio, pois com o baixo crescimento do país, o aumento da inflação e do desemprego, a conta sobrará para os trabalhadores, o que poderá aumentar a desigualdade social.

Seria muito bom, se nessa discussão toda, a equipe econômica encontrasse logo uma solução para cortar os excessivos gastos do governo, e, também, que encontrassem os meios necessários para fazer o país crescer sem mais aumentos de impostos. É isso que espera a população.

Educação e responsabilidade

A educação sempre teve os seus problemas, em todas as épocas e em todos os lugares, mas sempre foi o instrumento necessário para que o homem deixasse o seu estado de selvageria e, graças ao instrumento da cultura, pudesse viver em sociedade. Na realidade, muito diferente do que pregava Rousseau, o homem não nasce bom e é corrompido pela sociedade. Na realidade, o homem nasce em estado selvagem e se não fosse a cultura, seria um animal impossível de viver em comunhão com os demais. Quem pensa que o homem chamado civilizado é violento, não presta atenção na violência da própria natureza, onde sobrevive apenas o mais forte, o mais apto. Vocês conhecem a história daquele leãozinho doente que vivia nas savanas africanas? É claro que não e jamais vão conhecer, pois não existe animalzinho doente na floresta, a não ser por alguns instantes. A natureza se encarrega de eliminá-lo com a sua brutal estratégia.

Assim, entendemos a necessidade da educação, tanto a familiar como a formal, como instrumento para repassar os conhecimentos adquiridos pela humanidade e para preparar o indivíduo para a construção de novos saberes, além, é claro, de formar o homem moral, apto a viver em sociedade e respeitar as regras sociais.

A educação em nosso país está longe de cumprir esses papéis. Perdeu em qualidade e abastardou-se como transmissora e construtora de conhecimento. O governo, preocupando-se mais com o sucesso eleitoral, priorizou a quantidade em detrimento da qualidade. As faculdades se estenderam e se estendem pelo país afora sem a mínima preocupação com a qualidade. O sistema de cotas e outros meios deram fim à meritocracia e o nível das universidades despencou, como era de se esperar, nesses últimos dez ou 12 anos. Mas é claro que os detentores do poder, estribados nas doutrinas carcomidas e naftalínicas, defendem o sistema.

O pretenso autoritarismo dos modelos passados foi substituído pelo desrespeito à educação e aos valores nacionais. Não é de se espantar que o nosso país, nesses últimos dez ou 12 anos, ostente o maior índice de corrupção da sua história nas várias esferas do poder.

E justamente quem está no comando do país dita as normas para “educar” o nosso povo. Aliar qualidade com quantidade em educação é tarefa difícil, e para governantes competentes. Seria esperar demais de governos que duraram até acabarem os recursos adquiridos pelos governantes anteriores. Recursos econômicos e recursos de gestão inteligente.

Na última semana tive o desprazer de escutar pela televisão, uma pessoa que se dizia cineasta, falando sobre educação. Pela barba e pelo discurso retrógrado, denunciou logo a sua linha política. Defendia o governo e afirmava que a educação em nosso país havia melhorado, e muito, nos últimos dez ou 12 anos, universalizando-se e se transformando em palco de debates.

Pensei até em me aborrecer com as sandices do tal cineasta. Depois, achei melhor mudar de canal e assistir a alguma coisa mais interessante. Afinal, o cara não era nenhum Spielberg, Scorsese ou Coppola. Se o cara entender de cinema como ele entende de educação, fico imaginando a qualidade dos filmes que ele faz… e não duvido que deva ainda conseguir patrocínio de órgãos e entidades do governo para fazer os seus filmezinhos…

Cine Veredas exibe quatro filmes até quarta-feira

IMG-20150902-WA0015Quatros filmes estarão em exibição no Cine Veredas até a próxima quarta-feira (9): ‘Carrossel’, ‘Meu passado me condena 2’, Exorcistas do Vaticano’ e ‘Missão Impossível’.

A administração informa que o cinema funcionará normalmente durante o feriado.

O preço da entrada inteira custa R$14,00 e a meia, R$7,00. Nas segundas e terças-feiras, todos pagam meia entrada. O Cine Veredas informa que só aceita 15 cortesias por sessão. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 8865-6528.

SINOPSE DE ‘MISSÃO IMPOSSÍVEL’ – Ethan Hunt (Tom Cruise) descobre que o famoso Sindicato é real e está tentando destruir o IMF. Mas como combater uma nação secreta, tão treinada e equipada quanto eles mesmos? O agente especial tem que contar com toda a ajuda disponível, incluindo de pessoas não muito confiáveis.

 

Promoção Combo

Sociarte

Edição 451, de 28 de agosto de 2015

 

Noivado de Camila e Lander

Noivado de Camila e Lander

O casal Camila Ribeiro e Lander Vinícius (ela jornalista e ele impressor gráfico), após dois anos de namoro, resolveu dar um passo importante na vida a dois: o noivado. O pedido aconteceu no sábado (22), na Aldeia Alegria, em Patrimônio da Penha (Espírito Santo). Felicidades para vocês. Agora é aguardar o casório!

 

4 anos de Stefany

4 anos de Stefany

Os 4 anos de Stefany, filha de Emerson e Miriam, foram comemorados com uma linda festa, que aconteceu no sábado (22), no Salão da Igreja Batista da Rua Benedito Valadares, na Barra. O tema foi bailarina. Parabéns, Stefany! (Foto Central)

 

11 anos de Izabella

11 anos de Izabella

Os 11 anos de Izabella Mariuzzo foram muito comemorados. A festa aconteceu no sábado (22), na Fazenda Ipiranga, em Patrocínio do Muriaé. A aniversariante recebe os parabéns dos pais, João Batista Mariuzzo Filho e Rosane Costa Almeida Mariuzzo, e da irmã Letícia. Felicidades! (Revele Photo)

 

Parabéns, Mirim!

Parabéns, Mirim!

Quem completa idade nova neste sábado (29), é o prefeito de Miradouro, Almiro Marques de Lacerda Filho (Mirim). O aniversariante recebe os parabéns da equipe da Administração 2013/2016 e do A NOTÍCIA. Felicidades!

 

Os 4.0 de Andréa

Os 4.0 de Andréa

Os 40 anos da jornalista Andréa Oliveira foram comemorados em grande estilo, durante uma festa diva que aconteceu no sábado (22), no Salão WA, no Dornelas. Por lá, muitos familiares e amigos foram parabenizar a aniversariante, que também recebe os parabéns dos pais, Olímpio Oliveira e Aparecida, da irmã Andreza, dos sobrinhos Pedro e Maria e do maridão Márcio Jair. (Thamires Turunem)

 

Noivado de Nathália e Bruno

Noivado de Nathália e Bruno

Nathália Salum e Bruno Dias ficaram noivos. O pedido para este importante passo na vida a dois aconteceu no sábado (22), na Churrascaria Serra do Sol, de propriedade dos pais da noiva, José Alberto e Selma. O noivo é filho de Amarildo e Rosângela. Parabéns ao casal! (Foto Kennedy)

 

3 anos de Kauan

3 anos de Kauan

O sábado (22) foi o dia escolhido para comemorar a chegada dos 3 aninhos de Kauan. A festa aconteceu no Torre Fest. O aniversariante recebe os parabéns dos pais, Marco Antônio de Barros e Denise Fernandes de Barros, e dos irmãos Rafael, Lorena e Marcelo. Felicidades, Kauan! (Foto Kennedy)

 

15 anos de Karen

15 anos de Karen

Os 15 anos de Karen foram muito comemorados durante uma linda festa, que aconteceu no sábado (22), no salão da Igreja Católica do bairro Recanto Verde. A aniversariante recebe os parabéns dos pais, Evelângia Sales Ferreira e Elson Machado da Silva. Felicidades mil para você, Karen! (Foto Kennedy)

 

2 aninhos de Ana Júlia

2 aninhos de Ana Júlia

‘Minie’ foi o tema que comemorou, na sexta-feira (21), na Escola Primeiros Passos, na Barra, os 2 aninhos de Ana Júlia, primogênita de Wanderson José Silva Souza e Juliana Rodrigues Amaral Souza. Parabéns, Júlia! (Revele Photo)