Divulgados os shows do ‘Boteco e Cia’

Boteco & ciaA Secretaria de Turismo divulgou os shows que vão acontecer durante a terceira edição do ‘Boteco e Cia’. O festival começa amanhã (1º) e se estende até domingo (4), no Parque de Exposições, e terá como uma das atrações musicais a banda 14 Bis, que sobe ao palco no sábado.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO MUSICAL:

Quinta-feira (1º):
21h30min – Clube do Samba

Sexta-feira (2):
21h – Maicon Voz e Violão
22h30min – Sandra Portela

Sábado (3):
20h – Lance Legal
23h – 14 Bis

Domingo (4):
17h – Aí vem eles

O FESTIVAL – O festival elegerá o melhor chef de cozinha do município, levando em consideração os ingredientes típicos da região. A grande característica do evento é a apresentação da gastronomia regional, utilizando como item imprescindível ao prato algum tipo de fruta. Um leque de comidas típicas será oferecido pelos restaurantes que estarão participando do concurso ao som de músicos e bandas, preservando o estilo boteco – choro, MPB e samba.

A abertura do evento será nesta quinta-feira (1º), às 19 horas, quando os botecos já estarão servindo as suas especialidades. Na sexta-feira (2), o festival inicia as atividades neste mesmo horário. Sábado e domingo (3 e 4), a programação começa às 15 horas. A banda 14 Bis sobe ao palco após às 23 horas.

Na sexta-feira (2), o festival inicia as atividades neste mesmo horário. Sábado e domingo (3 e 4), a programação começa às 15 horas.

Estarão participando do festival os restaurantes Alto da Serra (Pirapanema), Trairão, Santa Helena, Bokas Gourmet, Bar do Luis, Japonês Max Sushi e Peixaria do Anísio.

No domingo, às 16h, acontece a apuração dos votos para escolher o melhor prato e, então, eleger o chef de cozinha que mais se destacou. O vencedor receberá uma placa comemorativa do ‘Boteco e Cia’ para afixar no seu restaurante e o dólmã – vestimenta característica da categoria gastronômica especial do evento.

Belisário será o primeiro distrito de Muriaé a ter coleta seletiva

DSC08945Após reuniões realizadas na Paróquia Santo Antônio com representantes de diferentes segmentos da comunidade, como religiosos, educadores, PSF, legislativo e DEMSUR, moradores do distrito de Belisário passarão a contar com mais um serviço ofertado pelo município: a Coleta Seletiva, que terá início nesta sexta-feira (2). A última reunião aconteceu nesta segunda-feira (28), quando representantes, moradores da comunidade local e da Zona Rural assistiram a palestras educativas e discutiram os últimos detalhes da implantação da coleta no distrito.

Patrici Coelho Pedrosa, gestora ambiental, iniciou a palestra falando da implantação da coleta seletiva e reforçou que a chave para o sucesso da coleta encontra-se no envolvimento e comprometimento de cada um. “Com simples atitudes diárias, separando em cestos o lixo seco (material reciclável) e o lixo úmido (rejeito), o lixo terá o destino ambientalmente correto. E quem sai ganhando? Todos, meio ambiente e catadores”, afirma.

DSC03725O coordenador de Limpeza Geral do Demsur, Alcemar Felizardo, afirma que atitudes simples, tomadas por cada um, aumenta a vida útil do aterro sanitário. “Infelizmente vejo nosso aterro recebendo e enterrando diariamente grande volume de materiais plásticos, vidros, metais, quando deveriam estar sendo reciclados e gerando renda para os catadores. Com o acúmulo do lixo, a vida útil do aterro sanitário, estimada em 20 anos, não vai durar nem três anos. Nós somos responsáveis pelo lixo que geramos. Vamos dar destino correto ao lixo para usufruirmos de uma vida com mais qualidade, mais saúde”, conclui Alcemar.

Após consenso entre os moradores e representantes do distrito, a coleta seletiva será encaminhada para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Muriaé (ASMAM) e acontecerá todas as sextas-feiras, no turno da manhã. A coleta seletiva atenderá também as comunidades de São Tomé, Santa Lúcia, Santa Catarina e Pedra Alta toda última sexta-feira do mês. Futuramente, o Demsur pretende implantar a coleta seletiva em toda Zona Rural de Belisário.

Obras do Complexo de Drenagem Pluvial já finalizam etapas nas próximas semanas

Complexo de Drenagem Pluvial 002As obras do Complexo de Drenagem Pluvial estão avançadas em alguns trechos. Quatro frentes de trabalho estão realizando a drenagem no município, favorecendo o escoamento geral das águas das chuvas na área da Rua Santa Rita, Barra, Dornelas e Primavera. O programa beneficiará sete bairros de Muriaé.

No Centro, as obras da Rua Santa Rita, envolvendo a Teodorico Torres e a Rua José de Abreu, está sendo finalizada. Nesta semana, termina o encaixe total das galerias pré-moldadas. Na próxima semana, estarão terminando a canalização na travessa entre as ruas Dona Maricas e Vicente Alves. Para o mês seguinte, segundo o engenheiro da Prefisan, Carlos Kneip, será realizado o asfaltamento definitivo.

Na Barra, as galerias serão implantadas nas ruas Belisário, Souza Castro, Rui Barbosa, Antônio Laviola, Lincoln Marinho, Victor Atadeu, Doutor José Eutrópio, Francisco Carlos Machado, Pirapanema e Doutor Antônio Rogério, além de chegarem até a Avenida Monteiro de Castro e a Praça do Trabalhador.

Obras do Complexo de Drenagem Pluvial já finalizam etapas nas próximas semanasNo bairro Dornelas, as obras iniciaram pela Avenida Dante Bruno e, em breve, seguirão para a Nicola Cascelli, Wilson Amaral, Francisco Dornelas e parte da João Dornelas. Já no Primavera, as obras acontecem na Avenida Sanitária.

Conforme o engenheiro da Prefisan, o cronograma de atividades, apesar dos vários dias de chuva do início do mês, está dentro do prazo e, até o final de outubro, a obra na região da Santa Rita e bairro Primavera estará concluída. De acordo com a estimativa de Kneip, as demais frentes de trabalho prosseguem até meados de dezembro de 2015.

O Complexo de Drenagem Pluvial consiste na drenagem das águas das chuvas. Várias “bocas de lobo” estão sendo adaptadas nos variados pontos onde estão havendo as obras. O objetivo é reduzir as enchentes em Muriaé, já que em verões anteriores as águas dos rios e mananciais subiram muito e deixaram centenas de desabrigados no município.

Edital de concurso regional para curtas-metragens é lançado em Muriaé

Edital de concurso regional para curtas-metragens é lançado em MuriaéO Polo Audiovisual volta a movimentar a cena cultural da região com o lançamento do Edital Usina Criativa de Cinema, um concurso de produção de curtas-metragens. O lançamento aconteceu em Muriaé nesta terça-feira (29), no Teatro Municipal Belmira Vilas Boas.

O Projeto Usina Criativa de Cinema busca ampliar e fortalecer as produções audiovisuais realizadas na região. Nessa perspectiva, o edital irá selecionar cinco propostas de obras audiovisuais de curtas-metragens de até 15 minutos de duração, em qualquer gênero (ficção, documentário, animação e experimental), com temática vinculada a aspectos da história e da diversidade cultural regional.

O projeto irá oferecer R$ 25 mil para a realização de cada filme selecionado, além de consultorias técnicas especializadas e suporte em todas as fases de produção. No encerramento, em 2016, uma mostra especial irá percorrer dez cidades locais, onde um júri popular irá eleger o melhor filme do projeto.

O edital completo está disponível no site do Polo Audiovisual www.poloaudiovisual.org.br. As inscrições prosseguem até o dia 20 de novembro.

O concurso de produção de curtas-metragens é uma iniciativa do Instituto Fábrica do Futuro, Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais e conta com o patrocínio da Energisa, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, e o apoio do Consórcio Intermunicipal de Cultura e Sebrae.

Participaram do lançamento a assessora de Relações Sociais do Grupo Energisa e presidente do Polo Audiovisual da Zona da Mata, Mônica Botelho, o diretor do Polo Audiovisual da Zona da Mata, César Piva, a diretora geral da Fundarte e presidente do Consórcio Intermunicipal de Audiovisual, Gilca Napier, o cineasta e diretor de Audiovisual da Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata, Marcos Pimentel e produtores locais.

De acordo com Mônica Botelho, o objetivo com este edital é fazer com que os realizadores locais também tenham chances de mostrar os seus talentos, o que, para ela, é onde podem ser melhor expressados. “A Energisa vem empreendendo um grande esforço em torno da ideia de transformar a região em um polo de audiovisual. O audiovisual pode ser um grande mobilizador de recursos econômicos e financeiros. Então, para além do resultado cultural, o polo pode ser uma grande alavanca econômica para a região”, afirma.

Segundo a diretora geral da Fundarte, Gilca Napier, a expectativa com o edital, para produções locais, é positiva. “Muriaé já tem uma tradição na área do audiovisual e conta com a Escola Municipal de Audiovisual, que dá suporte técnico aos seus alunos. Esperamos que os muriaeenses possam ser aprovados nesse edital”, diz.

Ao final do lançamento do edital foi exibido “Cartas D’Água”, um filme que inaugura uma série de produções da Mutuca Filmes no Polo Audiovisual. Gravado na Zona Rural de Cataguases, o curta tem a direção de Camila Botelho, roteiro de Marco Andrade e a participação de vários artistas e técnicos da região.

Jornalista realiza palestra sobre Marketing Político na Câmara, nesta quinta-feira

FOTO OFICIAL JOÃO HENRIQUE FARIA 02Por iniciativa da Escola do Legislativo, da Câmara de Muriaé, o jornalista João Henrique Moreira de Faria vai proferir palestra sobre “Eleição e governo: a importância do Marketing Político”. João Henrique é também é consultor político e coordenador de cursos de pós-graduação em Marketing Político e em Marketing e Comunicação Corporativa das Faculdades Santo Agostinho. O palestrante tem em seu currículo uma vasta experiência na área política e é também coordenador e consultor em campanhas políticas e em mandatos legislativos e executivos.

A palestra vai abordar conceito de Marketing, conceito de Marketing Político, Teoria do Oceano Azul, identidade, imagem e reputação, planejamento, planejamento estratégico de campanha, organização de campanha, pesquisa eleitoral e cases.

Os interessados em participar podem se inscrever por email (escoladolegislativo@camaramuriae.mg.gov.br) ou comparecer pessoalmente na recepção da Câmara de Muriaé. A palestra acontece nesta quinta-feira (1º), às 19h, no Plenário da Câmara. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3722-4967.

Jornalista e escritor Rogério Coelho lança seu 14º livro

Jornalista e escritor Rogério Coelho lança seu 14º livro“O tear do destino” é o 14º livro do jornalista e escritor, Rogério Coelho. A obra será lançada no dia 22 de outubro, às 20h, no Centro Espírita Maria de Nazaré. Com selo da Editora Solidum, o livro trata das questões em torno da Lei de Causa e Efeito, esclarecendo com simplicidade as consequências da utilização do livre arbítrio como instrumento decisivo na conquista da paz de consciência.

“Em seus 38 capítulos podemos observar que cada dia é o efeito de ontem e a causa de amanhã, e assim, cada um vai tecendo o próprio caminho, arbitrando sobre a própria sorte”, conta o autor. “Desta obra podemos extrair valiosas lições de princípios morais renovadores, com seguras noções de justiça e de progresso moral/espiritual”, considera.

Filho de Custódio de Souza Coelho e Angelina Coelho, Rogério é funcionário aposentado do Banco do Brasil e formado em Jornalismo pela Faminas. Converteu-se ao Espiritismo em 1978, marcando, desde então, sua presença em vários periódicos espíritas. Já realizou seminários e conferências em várias cidades brasileiras.

Participou do Congresso Espírita Mundial, em Portugal, com a tese “III Milênio, Finalmente a Fronteira”, e no II Congresso Espírita Espanhol, em Madri, com o trabalho “Materialistas e Incrédulos, como abordá-los?”. Participou ainda da fundação de várias casas espíritas na Zona da Mata mineira.

O escritor e jornalista Rogério Coelho
O escritor e jornalista Rogério Coelho

Além de “O Tear do destino”, Rogério também é autor de “Princípios Básicos do Espiritismo”, “Médiuns, Mediunidades e Reuniões Mediúnicas”, “Passes”, “Sentimentos e Conflitos”, “Ontem e Hoje com Kardec, Sempre Atual”, “O Fenômeno Mediúnico”, “O Lenitivo da Fé”, “Ele nos Chama”, “Visão Espírita do Evangelho”, “Espiritismo: Antigos Conceitos, Novo Entendimento”, “E Depois da Morte? O Que Acontece?”, “Desvendando os Milagres” e “Notáveis Defesas de Kardec”.

O Centro Espírita Maria de Nazaré está localizado na Rua Capitão Felisberto, 214, Barra.

Hospital do Câncer de Muriaé abre mais uma turma do curso de Capacitação em Oncologia

fundação cristiano varellaDevido ao sucesso de inscrições no curso de Capacitação em Oncologia, especializado em infecção hospitalar, o Hospital do Câncer de Muriaé decidiu abrir mais uma turma para aqueles que não tiveram oportunidade de participar na última edição.

O curso, que terá o mesmo tema, será realizado no próximo sábado (3). O conteúdo engloba temas como: vigilância epidemiológica das infecções hospitalares, principais medidas de prevenção de infecção (trato urinário, corrente sanguínea, pneumonia e sítio cirúrgico), microbiologia aplicada ao controle de infecção, higiene das mãos e medidas de precaução adicional (isolamento).

O curso terá início às 8 horas e com previsão de conclusão às 16 horas. O certificado será emitido pela Fundação Cristiano Varella.

As inscrições devem ser feitas por meio de depósito, no Banco do Brasil, Agência 3398-7 e Conta 54898-7, ou pessoalmente na recepção da administração da FCV com a secretária Ana Maria.

‘Tópicos da História de Muriaé’ será lançado neste sábado

Topicos da Historia de MuriaéJoel Peixoto Manoel lança, neste sábado (3), às 19h30min, no Teatro Zaccaria Marques, o livro ‘Tópicos da História de Muriaé – Volume 2’. A obra conta a história dos primórdios de Muriaé, vista pelo prisma da economia, cultura e desenvolvimento urbano e agrário. Relata fatos pertinentes ao período da escravidão, com as peculiaridades regionais. Sobre a lavoura cafeeira, fornece com detalhes seu desenvolvimento, desde a chegada das primeiras mudas, seu apogeu produtivo e posterior decadência, destacando a importância econômica deste produto no desenvolvimento do município e de sua projeção regional.

A obra procura nomear algumas das antigas fazendas de café cuja produção mais se destacou no universo cafeeiro regional. Cita seus antigos proprietários e proporciona uma descrição detalhada de algumas peculiaridades observadas naquelas antigas propriedades rurais. Consta também no texto alguns dos antigos compradores de café do município, descrevendo toda a trajetória da vida pessoal e de suas realizações nos campos políticos e econômicos onde mais se destacaram.

O livro é ilustrado com a foto de cada um daqueles que se destacaram nos diversos âmbitos do contexto histórico de Muriaé, também fotos de documentos importantes e fotos panorâmicas da cidade (todas inéditas), além de biografias das várias personalidades. Todo o conteúdo textual do livro é resultado de pesquisas em fontes primárias de consulta (Arquivo do Judiciário, Memorial Municipal, cartórios e igrejas) – pesquisas estas iniciadas em 1977.

‘Tópicos da História de Muriaé – Volume 2’ tem o patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, ao Esporte e ao Turismo Alcyr Pires Vermelho e conta com o apoio da Prefeitura de Muriaé e Fundarte.