Polícia Civil prende dupla de Muriaé que trazia droga de Teresópolis

 Dupla foi presa em flagrante e encaminhada para o Presídio Municipal

Dupla foi presa em flagrante e encaminhada para o Presídio Municipal

A Polícia Civil de Muriaé, após dois meses de investigação, prendeu dois homens, A. F. P., de 46 anos, e D. F. L., de 21 anos, no bairro Santa Helena, na noite desta segunda-feira (3), pelo crime de tráfico de drogas. A dupla retornava de Teresópolis (RJ) e, segundo a PC, junto com os suspeitos foi encontrado mais de 1 kg de cocaína de alta qualidade, que seria revendida em Muriaé. Também foram apreendidos três celulares.

Ainda de acordo com a PC, o homem de 46 anos seria líder de uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas e outros delitos graves. O investigado possui passagens por roubo, furto, receptação e associação ao tráfico.

A droga, considerada de alta qualidade, seria revendida em Muriaé
A droga, considerada de alta qualidade, seria revendida em Muriaé

A equipe obteve informações de que os suspeitos chegariam a Muriaé com a droga na noite desta segunda-feira e montou campana no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde o veículo no qual a droga era transportada foi interceptado pelos investigadores. Durante buscas dentro do carro, os investigadores encontraram uma barra grande de pasta base de cocaína pesando mais de um 1 kg.

O automóvel foi recolhido para o pátio credenciado do Detran. Já os suspeitos foram levados para a delegacia, autuados e encaminhados para o Presídio Municipal.

A operação ‘The Flash’ foi desencadeada pelos delegados Júnio Cézar Pereira de Oliveira e Alessandro Amaro da Matta. Participaram também da ação os investigadores George, Alessandro e André.

Ponte do Sossego, destruída pelas enchentes, está sendo recuperada

Ponte do Sossego, destruída com as enchentes, está sendo recuperadaA ponte do Sossego, que cedeu com as enchentes, está sendo reestruturada. Durante as chuvas de 2012, a forte correnteza que se formou, arrastou uma das bases de sustentação, deixando a ponte tombada para um lado, com uma das cabeceiras quebradas.

A travessia que liga Muriaé – região do Dornelas, José Cirilo, Joanópolis e Santana – às propriedades rurais deixou os moradores com dificuldades para estudar e realizar compras na cidade, haja vista que com o impedimento da ponte, os veículos precisam seguir até Macuco (por um caminho bem mais distante) para pegar a rodovia e, só então, retornar para Muriaé.

Os produtores de leite e comerciantes do vilarejo também vêm tendo problemas. O restaurante que funcionava ao lado da Cachoeira do Sossego precisou fechar as portas, pois os carros não tinham mais como atravessar o rio  para estacionar próximo ao local de lazer.

O prefeito Aloysio Aquino vem visitando o local com frequência para verificar o desenvolvimento dos trabalhos e lembrou que a região é utilizada pelos produtores rurais, que precisam escoar as suas mercadorias, e também por estudantes que se deslocam diariamente para a escola. Segundo ele, até dezembro deste ano o serviço deverá estar pronto.

Muriaé ganha novas linhas de ônibus

Muriaé ganha novas linhas de ônibusOs muriaeenses passam a ter novas opções de ônibus para se deslocarem entre os bairros da cidade. Desde esta segunda-feira (3), começou a funcionar a linha cujo itinerário terá início no Dornelas, passará pelos bairros Dornelas II, Residencial João Braz e Panorama, seguirá pela Barra e terminará no Centro.

Além desta nova linha, a expectativa é que, a partir da semana seguinte – provavelmente já no dia 10 -, o Vale do Castelo e o Alto do Castelo também passem a ser atendidos pelo transporte coletivo. A proposta da empresa é que a linha Circular estenda seu itinerário para os dois bairros, passando também pelo João XXIII Parte Alta.

A criação das novas rotas foi negociada pelo Departamento Municipal de Transportes e Trânsito (Demuttran) junto à Viação União, a pedido do prefeito Aloysio Aquino.

“É uma preocupação do Poder Executivo que o transporte coletivo possa alcançar um contingente cada vez maior de pessoas. O prefeito pediu que conversássemos com a empresa a respeito da criação de novos itinerários, e felizmente fomos atendidos”, afirma o diretor do Demuttran, Mário Brambila.

Confira os horários das novas linhas:

DORNELAS II – PANORAMA – CENTRO
Dias úteis: 6h20min – 7h20min – 11h30min – 12h30min – 17h30min (Saídas do Dornelas) / Saídas do Centro: 7h – 11h10min – 12h10min – 17h10min – 18h10min (Saídas do Centro).
Sábados: 6h20min – 7h20min – 11h30min – 12h30min (Saídas do Dornelas) / 7h – 11h10min – 12h10min – 13h10min (Saídas do Centro).
Domingos e feriados: não haverá horários.

CIRCULAR – Os horários serão divulgados nos próximos dias.

Selo comemora os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Selo comemora os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora AparecidaUm selo lançado pelos Correios está comemorando os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Porto, uma das igrejas mais tradicionais de Muriaé e região. A apresentação aconteceu na noite de domingo (2), no final da missa celebrada pelo pároco, padre Silas Geraldo, e contou com a presença do gerente da Agência Central dos Correios de Muriaé, Fernando Rufino de Barros e do muriaeense criador do selo, Renan de Almeida Rodrigues.

Foram confeccionados 504 selos, os quais só poderão ser adquiridos na secretaria da paróquia. É um selo de primeiro porte, ou seja, sem valor facial. Uma vez adquirido, ele nunca perderá seu valor. O valor unitário custa R$ 3,00 e a cartela com 12 selos, R$ 35,00. “Necessitando de outras tiragens, a paróquia pode nos procurar”, afirma o gerente geral dos Correios, Fernando Rufino. “Esta é uma iniciativa muito interessante. Estamos muito felizes com o resultado. A nossa intenção é apresentar este trabalho para outras paróquias, para podermos divulgar Muriaé”, acrescenta.

A logomarca traz uma silhueta da primeira igreja e da igreja atual. Ao centro, em marca d’água, está uma sombra da imagem de Nossa Senhora Aparecida, nas cores azul e amarelo. “O amarelo significa todo o trabalho aqui já realizado e o que se está por realizar. A família representa todos os fiéis e devotos que fazem parte desta história. O dourado significa os 50 anos de caminhada”, explica padre Silas.

Com o tema ‘Cinquenta anos Evangelizando’ e o lema ‘Mãe Aparecida, exemplo de fé’, a programação do cinquentenário inclui também celebrações, concursos e festivais. “Ainda teremos uma sessão especial na Câmara Municipal, um festival de música e poesia, sete missas comemorativas, as bodas de prata do padre Paulo Roberto Gomes e o lançamento do livro que pela primeira vez irá relatar nossa história paroquial”, conta o pároco. “Sentimos-nos imensamente felizes em estar prestando este serviço que marca e valoriza a história de nossa caminhada paroquial. Que esta memória possa fortalecer nossos ideais e clarear nossos objetivos”, finaliza padre Silas.

Prefeitura e Demsur fazem intervenções na obra do Córrego Santa Rita

Prefeitura e Demsur fazem intervenções na obra do Córrego Santa RitaApós receber a visita de uma comissão composta por moradores do Complexo Santa Rita, no Centro Administrativo, na tarde da última quinta-feira (30), a Prefeitura e o Departamento Municipal de Saneamento Urbano (Demsur) estão fazendo algumas intervenções no Córrego Santa Rita. Iniciadas na manhã da última sexta-feira (31), as ações têm o objetivo de amenizar os problemas existentes até que a empresa responsável pela obra se posicione.

De acordo com o diretor geral do Demsur, Rodrigo Guarçoni, será feito o rebaixamento do córrego que corta a Rua Teodorico Torres em 1,20m e a desobstrução de toda a rede da rua, assim como a da Rua Dona Maricas.

“Vamos atender a Travessa dos Expedicionários por trás do antigo açougue e da farmácia. Vamos fazer ali um tampão para amenizar o mau cheiro para a população que convive diariamente com este problema. Vamos entrar na galeria da Rua Santa Rita para ver como ela se encontra; se for o caso, vamos limpá-la. Carros-pipa vão molhar a rua, para que a poeira seja amenizada. Enfim, vamos cumprir com uma parte do papel que a gente entende que a empresa é que deveria cumprir. O prefeito Aloysio está notificando esta empresa, para que ela se apresente e informe a população. Estamos certos de que temos que estar presente, de uma forma ou de outra, para amenizar o sofrimento da população”, relata.

Rodrigo falou ainda que está registrando tudo e planilhando os custos para apresentá-los à empresa e afirmou que o Demsur estará presente no local até que a mesma se posicione. “Estamos relatando e fotografando tudo. Vamos planilhar o custo do que estamos fazendo para apresentar à empresa para o ressarcimento, porque essas intervenções não ficam barato”, conta.

Ainda segundo ele, o Demsur não tem condições de terminar a obra, porque a finalização de todo o complexo compete à empresa vencedora da licitação, a Prefisan. “O que nós estamos fazendo não é o término da obra. Nós não podemos fazer isso e nem temos condições. Mas até que a empresa inicie novamente as obras, nós não vamos deixar a população do Córrego Santa Rita à deriva”, conta.

Teodorico Torres, morador da rua de mesmo nome, afirma que os moradores estavam revoltados devido à rua que estar, segundo ele, ‘completamente abando-nada’. Eles reclamam de mau cheiro, proliferação de insetos, mato alto, sujeira e redes de esgoto entupidas. “Estamos com os nervos à flor da pele. Caso a situação não fosse amenizada, estávamos prontos para fechar a rua em manifestação”, conta.

‘Em busca do equilíbrio’ é o quarto livro do muriaeense Robério Torres

‘Em busca do equilíbrio’ é o quarto livro do muriaeense Robério Torres
Robério Torres (Foto: Teodorico Torres)

O médium muriaeense, Robério de Oliveira Torres, lançou sua quarta obra mediúnica. Também são de autoria do muriaeense os livros “Sob os auspícios da luz”, “Mediunidade (re) velada” e “Laços de Família”. O lançamento aconteceu no sábado (1º), no Teatro Zaccaria Marques.

A recepção da obra, que tem como autor espiritual Abel Gomes (renomado escritor espírita que viveu na região de Astolfo Dutra e faleceu no ano de 1934), começou em novembro de 2014 e foi encerrada em maio deste ano.

“O livro remonta às nossas origens e nos apresenta todo o nosso encadeamento evolutivo, surgindo da simplicidade e ignorância até chegarmos ao processo de perfeição. Mostra-nos também as nossas limitações e dificuldades, porém nos apresenta alternativas para que, equilibrando-nos, possamos conquistar saúde e o equilíbrio íntimo e, consequentemente, o equilíbrio do corpo físico”, conta o autor.

Ainda segundo Robério, a obra é destinada tanto para espíritas quanto para não espíritas. “O livro tem um lado mais aprofundado sobre as origens do espírito, mas, logo depois, traz assuntos do nosso dia a dia, como as dificuldades, os problemas de stress e de depressão e como lidamos com esses problemas e os nossos vícios. A obra nos aponta como todas essas atitudes malsãs nos desequilibram e como, ao contrário, as atitudes positivas, calcadas nas virtudes, podem nos equilibrar”, diz.

‘Em busca do equilíbrio’ pode ser adquirido no Grupo da Fraternidade Espírita Kaja Krisna, localizada na Rua Santa Rita, 220, Centro, e custa R$ 20,00. O valor da venda deste e de outros livros é revertido para trabalhos assistenciais e de divulgação da Doutrina Espírita.

O AUTOR – Filho de Agripino Torres e Bárbara de Oliveira Torres, Robério – 11º filho de 12 irmãos – nasceu no dia 22 de agosto de 1962. É formado em Engenharia Agrônoma pela Universidade Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), profissão que exerce até hoje como extensionista da Emater, escritório Muriaé.

Nascido em lar espírita, Robério iniciou-se nas atividades mediúnicas no final da década de 80. Atualmente, é diretor geral do Grupo da Fraternidade Espírita Kaja Krisna.

47º BPM recebe 30 novos sargentos

47º BPM recebe 30 novos sargentosTrinta novos sargentos se apresentaram para comporem o efetivo do 47º Batalhão de Polícia Militar. O curso teve início no primeiro semestre deste ano e a formatura dos graduados aconteceu no dia 31 de julho.

Os militares foram recepcionados nesta quinta-feira (6) pelo Estado Maior da unidade, sendo repassada a eles a importância de cada um no exercício de suas novas missões. O comandante do 47º BPM, tenente-coronel Cláudio Nazário da Silva Machado, fez uma breve apresentação da unidade e ressaltou aos militares sobre as peculiaridades da nova graduação.

IF Sudeste de Muriaé tem a melhor nota da cidade no Enem 2014

IF SudesteO IF Sudeste, câmpus Muriaé, teve o melhor desempenho entre as escolas da cidade e o décimo quarto melhor desempenho entre as escolas federais de Minas Gerais no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira (5) as notas e o desempenho de todas as escolas do país que participaram do exame.

A região Sudeste foi, mais uma vez, a melhor entre as regiões do país. Foram 70 das 100 melhores colocadas. No exame anterior, 77 das 100 melhores colocadas eram do Sudeste.

A segunda região com melhor desempenho foi o Nordeste, com 20 entre as 100 melhores classificadas. Em seguida, aparecem o Centro-Oeste, com seis escolas, Sul, com três, e Norte, com uma.