Prefeito de Vieiras, Waldinei Chicareli, é o novo presidente da AMERP

Waldinei Chicareli, prefeito de Vieiras (Foto: Arquivo A NOTÍCIA)
Waldinei Chicareli, prefeito de Vieiras (Foto: Arquivo A NOTÍCIA)

O prefeito de Vieiras, Waldinei Chicareli (Nei), foi eleito por aclamação presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Pomba (AMERP). Nei, que ocupará o cargo durante este ano, substitui Pablo Emílio Campos Corrêa, prefeito de Patrocínio do Muriaé.

A assembleia que definiu e deu posse à nova diretoria para este ano aconteceu nesta terça-feira (19), na sala de reuniões do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Mata Leste de Minas Gerais (Cisleste), no Centro de Muriaé. O secretário executivo da AMERP, Vicélio Lúcio Franco, explica que todo mês de janeiro, pelo Estatuto, a  associação deve definir, durante assembleia, com a presença dos prefeitos associados, a diretoria para o exercício do ano.

Assembleia aconteceu nesta terça-feira (19), no Cisleste
Assembleia aconteceu nesta terça-feira (19), no Cisleste

Nei, que ocupará o cargo pela segunda vez, diz estar agradecido pela confiança em poder, mais uma vez, estar à frente da AMERP. “Tenho que agradecer muito aos prefeitos, que depositaram a confiança em mim e me elegeram presidente da AMERP mais uma vez. Temos que lutar cada vez mais em prol da nossa região e da associação. A AMERP ajuda muito os municípios, por isso estamos aqui para fazer parcerias e ajudar os prefeitos”, afirma.

O ex-presidente, Pablo Emílio Correa Campos, afirma que deixa o cargo com a sensação de dever cumprido. “Estou muito satisfeito e feliz de ter sido presidente da AMERP. Acho que todos os prefeitos também ficaram satisfeitos com o meu mandato. Trabalhei com pessoas maravilhosas”, afirma.

A AMERP é formada por 18 municípios da microrregião de Muriaé. Com sede em Muriaé, a associação não tem fins lucrativos. Fundada em julho de 1985, presta relevantes serviços de engenharia, consultoria e assistência técnica, empréstimos de máquinas pesadas, como tratores de esteiras, motoniveladoras e retroescavadeira. São também desenvolvidos projetos de topografia. O objetivo é oferecer aos municípios mais alternativas de serviços especializados a um preço diferenciado, o que gera economia aos cofres públicos municipais.

Prefeituras da região cancelam carnaval para economizar e investir em obras

20160117225515_957
Em Leopoldina, o carnaval foi trocado pela conclusão de duas Unidades Básicas de Saúde (Foto: O Vigilante Online)

Pelo menos duas cidades da região trocaram o carnaval pela conclusão de obras, geração de economia e aquisição de veículos. Em Leopoldina, preferiu-se a conclusão de duas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) à realização da folia. Já em Viçosa, o “CarnaViçosa” foi cancelado para economizar verba e, com o dinheiro, comprar veículos.

O prefeito de Leopoldina, José Roberto de Oliveira, explicou que a administração municipal apoiará algumas iniciativas populares em bairros e distritos, mas não patrocinará este ano o desfile oficial de blocos e escolas de samba e nem realizará os bailes populares no Centro da cidade, o que gerará uma economia em sonorização, palco, luz, músicos e/ou DJ’s.

Apesar das finanças do município estarem equilibradas, mantendo o pagamento dos servidores e fornecedores em dia, conforme declarou o prefeito José Roberto, optou-se por não investir no carnaval após constatar uma redução de R$ 1,5 milhão na arrecadação nesse mês em relação ao mesmo período do ano passado, o que poderia gerar risco de paralisação de alguma obra.

O prefeito ainda citou que a verba que seria gasta no carnaval de rua será investida na conclusão da obra da Unidade Básica de Saúde (UBS) dos bairros Nova Leopoldina e Cidade Alta.

Em Viçosa, a prefeitura, por meio da secretarias de Governo e Cultura, informou que considerou prudente não realizar este ano a festa oficial de carnaval principalmente em função da queda de arrecadação de repasses de recursos federais e estaduais, e em consequência, a possibilidade de um orçamento mais restrito para as atividades essenciais dos principais serviços à população.

O Executivo, após uma avaliação em relação aos custos do evento, que previa a contratação de bandas de renome nacional, sonorização, palco, equipes de apoio e segurança, brigadistas, banheiros químicos e demais estruturas no valor estimado em R$ 297.800,00, decidiu direcionar esses recursos essencialmente para a aquisição de um veículo modelo van adaptado para transporte de alunos com necessidades especiais no transporte escolar do município e para a aquisição de máquinas, equipamentos, ferramentas e veículos para a Secretaria de Obras.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (18), após reunião do prefeito Ângelo Chequer com o secretário de Governo, Luciano Piovesan Leme. Embora cancelada a festa oficial, o Executivo ressalta que manterá o apoio às comunidades que promoverem reuniões dos tradicionais blocos carnavalescos em seus bairros, assim como o tradicional evento religioso Seara, que acontece há 28 anos na cidade. Para tratar detalhes sobre o apoio aos blocos, a administração se reunirá com todos os representantes dos mesmos na próxima segunda-feira (25), às 19 horas, no Espaço Cultural Hervé Cordovil, na antiga estação ferroviária.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
O prefeito de Leopoldina, José Roberto de Oliveira, explicou que a administração municipal apoiará algumas iniciativas populares em bairros e distritos, mas não patrocinará este ano o desfile oficial de blocos e escolas de samba e nem realizará os bailes populares no Centro da cidade, o que gerará uma economia em sonorização, palco, luz, músicos e/ou DJ’s.

Apesar das finanças do município estarem equilibradas, mantendo o pagamento dos servidores e fornecedores em dia, conforme declarou o prefeito José Roberto, optou-se por não investir no carnaval após constatar uma redução de R$ 1,5 milhão na arrecadação nesse mês em relação ao mesmo período do ano passado, o que poderia gerar risco de paralisação de alguma obra.

O prefeito ainda citou que a verba que seria gasta no carnaval de rua será investida na conclusão da obra da Unidade Básica de Saúde (UBS) dos bairros Nova Leopoldina e Cidade Alta.

Em Viçosa, a prefeitura, por meio da secretarias de Governo e Cultura, informou que considerou prudente não realizar este ano a festa oficial de carnaval principalmente em função da queda de arrecadação de repasses de recursos federais e estaduais, e em consequência, a possibilidade de um orçamento mais restrito para as atividades essenciais dos principais serviços à população.

O Executivo, após uma avaliação em relação aos custos do evento, que previa a contratação de bandas de renome nacional, sonorização, palco, equipes de apoio e segurança, brigadistas, banheiros químicos e demais estruturas no valor estimado em R$ 297.800,00, decidiu direcionar esses recursos essencialmente para a aquisição de um veículo modelo van adaptado para transporte de alunos com necessidades especiais no transporte escolar do município e para a aquisição de máquinas, equipamentos, ferramentas e veículos para a Secretaria de Obras.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (18), após reunião do prefeito Ângelo Chequer com o secretário de Governo, Luciano Piovesan Leme. Embora cancelada a festa oficial, o Executivo ressalta que manterá o apoio às comunidades que promoverem reuniões dos tradicionais blocos carnavalescos em seus bairros, assim como o tradicional evento religioso Seara, que acontece há 28 anos na cidade. Para tratar detalhes sobre o apoio aos blocos, a administração se reunirá com todos os representantes dos mesmos na próxima segunda-feira (25), às 19 horas, no Espaço Cultural Hervé Cordovil, na antiga estação ferroviária.

 

Delegado de Tombos é homenageado com a Medalha Olinto Quintão, a maior honraria daquela cidade

Os delegados Luiz Carlos dos Santos, Diego Candian e Alessandro da Matta
Os delegados Luiz Carlos dos Santos, Diego Candian e Alessandro da Matta

O delegado da Comarca de Tombos, Diego Candian Alves, foi homenageado pela Câmara de Vereadores daquele município com a Medalha Olinto Quintão, a maior honraria concedida naquela cidade.

O delegado foi indicado pelo vereador Onofre Perusso, por ter se destacado em 2015 pelos trabalhos de polícia judiciária, com diversas operações que culminaram em prisões e apreensões de drogas, armas e produtos de crimes de furto e roubo.

A solenidade aconteceu na noite de terça-feira (22). Na ocasião, o homenageado, em seu discurso, agradeceu os policiais e servidores da 38ª Delegacia de Polícia por todo apoio e companheirismo.

Participaram da homenagem o delegado regional, Alessandro da Matta, o delegado regional emérito, Luis Carlos dos Santos, além do vice-prefeito de Tombos, Jorge Rodrigues, funcionários da delegacia de Tombos e aproximadamente cem convidados.

no images were found

Barão de Monte Alto melhora produção de leite com alternância de plantio e pasto

fotomateria_capaProdutores rurais da cidade de Barão de Monte Alto têm aumentado sua produtividade com a implantação de um sistema que alterna plantio e pastagem. Para utilizar a técnica, denominada Integração Lavoura-Pecuária (ILP), eles recebem orientações da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG).

O município de Barão de Monte Alto é produtor de leite e de bovinos para abate, e, portanto, tem grande demanda de pastagens e silagem de milho para alimentação do gado. “Neste sistema, plantamos o milho em outubro e colhemos entre janeiro e fevereiro. Após a colheita, a área passa a ser pasto para os animais”, explica o extensionista agropecuário da Emater de Barão de Monte Alto, Cristiano Alberto Silva.

O aproveitamento do espaço proporciona ganho de produtividade, já que o milho, além de manter a umidade e cobertura do solo, é plantado sobre um terreno mais nutritivo e, quando transformado em silagem, alimenta melhor o gado. Os animais, mais nutridos, produzem melhor e geram um esterco na própria área de plantio, o que também beneficiará a safra do milho na época de plantio. “É um círculo virtuoso, pois todos se beneficiam”, conclui Silva.

Ambientalmente correto, o sistema promove o aumento da matéria orgânica e, consequentemente, maior fixação de carbono no solo, sendo caracterizado como Agricultura de Baixo Carbono. Na safra passada, foram produzidas cerca de 50 toneladas/hectare de silagem de milho durante o ciclo de um ano.

Produtor de leite em Barão de Monte Alto, Sebastião Vilela implantou o sistema há três anos. Hoje, sua propriedade, de cinco hectares, funciona como Unidade Demonstrativa de ILP com milho para silagem da Emater-MG, sendo referência para os agricultores e fonte para pesquisas conduzidas pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). “Quando comprei o terreno, há dez anos, plantava milho e produzia muito pouco. Agora dobrei minha produção e colho mesmo com o tempo ruim. Se não tivesse implantado o sistema com a Emater, acho que não estaria colhendo nada com esta seca brava”, diz.

Outra vantagem destacada pelo extensionista agropecuário da Emater de Barão de Monte Alto, Cristiano Alberto Silva, é que, como a principal atividade na cidade é a produção de leite, com a implantação do sistema, os produtores conseguem produzir no período de seca, no qual o produto está mais valorizado, por ter qualidade superior e estar mais escasso em outras regiões. “Eles conseguem vender o leite por um preço até 20% maior neste período”, afirma.

CULTURAS DIFERENTES – O vice-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barão de Monte Alto, Frederico Azevedo de Oliveira, avalia que a técnica trouxe muitos benefícios para o município. “A produção melhorou muito”, afirma. O sindicato também investe na disseminação da Agricultura de Baixo Carbono e adquiriu uma plantadeira de plantio direto, para aumentar o uso da tecnologia na região e facilitar a implantação da técnica de integração.

SISTEMA ACESSÍVEL – Apesar de ter sido implantado com foco na produção de leite em Barão de Monte Alto, o sistema Integração Lavoura-Pecuária pode ser utilizado para diversas atividades e praticamente não exige muito investimento do produtor. “Para colher o milho e fazer a silagem, o produtor pode alugar o maquinário, e muitos municípios têm tudo à disposição para empréstimo ao produtor”, ressalta o extensionista agropecuário da Emater de Barão de Monte Alto, Cristiano Alberto Silva. A Emater-MG oferece assistência técnica completa gratuita.

Polícia Civil de Miradouro apreende adolescente suspeito de chefiar o tráfico de drogas na cidade

suspeito homicídio em MiradouroPoliciais da 34ª Delegacia de Polícia Civil de Miradouro apreenderam um menor, F.M.R.S., suspeito de envolvimento em vários homicídios ocorridos ao longo dos últimos dois anos.

O adolescente também é suspeito de chefiar o tráfico de drogas naquela cidade, atentando contra a vida de qualquer outro “concorrente” que tentasse se estabelecer no ramo.

A última vítima do menor foi G. L. A. M., que foi atingido com vários disparos de arma de fogo no último domingo (20), quando retornava de uma festa. Na ocasião, o suspeito e outro comparsa, já identificado pelos agentes, seguiam em uma moto, que se aproximou do grupo onde a vítima estava e, quando ela tentava fugir, desferiram vários disparos contra a vítima, que até onde se sabe, corre o risco de ficar paraplégica, segundo informações repassadas pela PC.

Apesar de contar com apenas 17 anos, o adolescente possui “um extenso histórico de infrações” e atualmente buscava implantar “uma espécie de hegemonia” em Miradouro, levando drogas de Muriaé para vender naquele município.

Segundo o delegado Tayrony Espíndola, responsável pela investigação e apreensão, apesar do histórico violento, o menor pediu desculpas aos policiais e não reagiu. “Esse acovardamento é comum diante da polícia. Tínhamos a informação de que ele dispunha e costumava andar com várias armas, por isso fomos para a captura preparados para um eventual embate, que felizmente não aconteceu, para sorte de todos, sobretudo, a dele. Sem dúvidas, a população de Miradouro vai passar um Natal mais seguro com esse delinquente fora de circulação”, afirma.

HISTÓRICO DE HOMICÍDIOS E EMBOSCADAS – O menor é apontado como suspeito de ter ordenado a morte de Maria Madalena da Silva, ocorrida em 29 de agosto de 2014, quando ela se recusou a parar de fazer “concorrência” com ele na venda de drogas. Pelo mesmo motivo, o suspeito também teria atentado contra a vida de Guilherme de Almeida Miranda, em 10 de setembro deste ano. No caso de Guilherme, não conseguindo seu intento na primeira tentativa, o suspeito teria contratado comparsas em Muriaé para retornarem em Miradouro e executarem o jovem de 19 anos, morto em 25 de setembro deste ano.

“Todas as vítimas foram mortas a partir de emboscadas, pelas quais o adolescente aliciava usuários de drogas próximos, para chamarem as vítimas em suas residências, ocasião em que saíam despreocupadas. Na rua, ou ainda na porta, se tornavam alvos fáceis para o próprio adolescente e seus comparsas”, relata o delegado Tayrony Espíndola.

Ainda segundo ele, durante as investigações, testemunhas confirmaram que era comum ver o suspeito circulando pela noite ostentando armas de fogo e vendendo drogas. “Para ludibriar os policiais, o adolescente costumava mudar constantemente sua rotina e só chegava em Miradouro, vindo de Muriaé, durante a noite, retornando para Muriaé antes mesmo de o dia amanhecer, trocando frequentemente de condução”, conta.

Participaram da operação de apreensão do adolescente, que aconteceu no início da tarde desta terça-feira (22), além do delegado, os investigadores George, Evandro e André.

PM e PC prendem cinco e apreendem 10kg de maconha e armas

PM e PC prendem cinco e apreendem 10kg de maconha e armasEm operação conjunta, as polícias Civil e Militar prenderam, em Laranjal e no distrito de Bom Jesus da Cachoeira, cinco homens – de 44, 27, 26, 20 e 18 anos – suspeitos de terem explodido o caixa eletrônico em Laranjal. Eles também estariam envolvidos no roubo do carro de um vereador da cidade. Aproximadamente 10 kg de maconha e pelo menos cinco armas de fogo foram apreendidos durante a ação.

Na manha de terça-feira (22), os policiais cumpriram mandados de prisão temporária em três endereços dentro de Bom Jesus, outro na estrada de terra que liga a comunidade à Cachoeira Alegre – distrito de Barão do Monte Alto – e um quinto na cidade de Laranjal, e de busca e apreensão na residência de todos.

PM e PC prendem cinco e apreendem 10kg de maconha e armas 2Além da grande quantidade de maconha, foram apreendidos cerca de R$ 1.000,00 em dinheiro e armas – dois revólveres e três armas longas -, bem como armadilhas de caça que disparam munições letais.

Segundo a polícia, o principal alvo era um morador de Bom Jesus, que já vinha sendo monitorado por conta de seu envolvimento com o tráfico de drogas e com outros crimes.

Os envolvidos foram encaminhados ao Presídio Safira. As investigações ocorreram sob a chefia dos delegados Eduardo Freitas da Silva e Rodrigo Nogueira Tavares e vão prosseguir no que diz respeito ao envolvimento destas pessoas na explosão dos caixas eletrônicos em Santana de Cataguases e São Sebastião da Vargem Alegre.

Encontro reúne lideranças políticas em Vieiras; veja galeria de fotos

DSC_0948Deputados, representante do Governo Estadual, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, correligionários e líderes comunitários participaram de um grande encontro realizado em Vieiras, no último sábado (12).

Em clima de confraternização, a reunião, que foi realizada na residência do prefeito daquela cidade, Waldinei Chicareli (PT), Nei, foi um momento também de debate de ideias e de conhecer as necessidades da região. Entre os presentes estiveram os deputados Reginaldo Lopes (federal) e Cristiano Silveira (estadual), ambos do PT, o assessor institucional do Governo de Minas, Wagner Chicareli, 12 prefeitos, quatro vice-prefeitos, cerca de 40 vereadores e diversas lideranças políticas e líderes comunitários.

Veja galeria de fotos:

Presos cinco suspeitos de morte de radialista em Ubá

Foto: Arquivo pessoal/ Facebook
Foto: Arquivo pessoal/ Facebook

Quatro adultos suspeitos de envolvimento do assassinato do radialista Luiz Manoel de Souza, de 48 anos, ocorrido no dia 7 de dezembro deste ano, em Ubá, foram presos e um adolescente apreendido pela Polícia Civil. Ele foi morto com diversos tiros no distrito de Córrego dos Braguinhas, após sofrer uma perseguição pelas ruas da cidade. O delegado de  Homicídios de Ubá, Rafael Gomes, irá fornecer mais detalhes da investigação aos jornalistas, na tarde desta quinta-feira (17).