CDL Muriaé apresenta membros da nova diretoria

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Muriaé realizou, na segunda-feira (10), um evento que marcou a posse dos membros da nova diretoria, que assumirá a partir de janeiro de 2019. Gustavo Ferreira de Oliveira volta à presidência para seu terceiro mandato e substitui Leandro Latini Veiga, que passará a ocupar a vice-presidência.

De acordo com Leandro, a parceria com Gustavo deu certo e rende bons frutos à entidade. “Ele me antecedeu como presidente e, durante meus quatro anos de mandato, atuou numa das pastas que possui maiores responsabilidades e carga de trabalho. Tem o pensamento alinhado ao meu, com zelo pelos gastos e despesas da entidade e sempre procurando levar benefícios aos associados. Então, fico satisfeito com sua volta, pois dará sequência a um trabalho que organizou a entidade apesar das dificuldades financeiras do país e deixou dinheiro em caixa para a continuidade dos projetos”, afirmou o atual presidente.

Leandro ainda lembrou-se da importância da entidade para todo o município, com ações que não atingem apenas o comércio, mas toda a sociedade. “Olhamos para a cidade como um todo, pois sabemos que uma cidade forte se traduz em benefícios para o comércio e para todos os moradores”, avaliou.

Para o presidente eleito, Gustavo Ferreira de Oliveira, a eleição de sua chapa representa a validação do bom trabalho desenvolvido na entidade nos últimos anos e o desejo de continuidade dos associados. “Fui presidente por dois mandatos, de 2011 a 2014 e o Leandro foi escolhido para ser meu sucessor. Ele foi presidente também por dois mandatos e sempre acompanhou o trabalho que fizemos na CDL, com muita responsabilidade e foco no desenvolvimento do comércio local. Agora, continuará nos ajudando como vice-presidente”, contou.

De acordo com Gustavo, as expectativas para os próximos anos mudaram após as eleições deste ano. “Vivemos um momento de transição política nos estados e na Federação. Esperamos que as mudanças realizadas nas urnas sejam benéficas para os empresários e, consequentemente, para todos os brasileiros. Impactos positivos no país certamente terão reflexo no nosso estado e na nossa cidade”, concluiu.

Membros da diretoria falam sobre atuação conjunta entre CDL e ACE

Desde março, a Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Muriaé passou a funcionar no mesmo endereço da CDL. A junção das entidades trouxe mais força e representatividade ao movimento lojista. Segundo Leandro, a união era uma vontade antiga. “Não conseguimos realizar antes, mas agora essa união deu certo e só tem a fortalecer a indústria e o comércio da cidade. Temos uma associação mais forte, com mais associados e mais estrutura para atender a todos”, avaliou, em opinião corroborada por Gustavo Ferreira.

CDL Jovem ganha importância dentro da entidade

Uma das recentes inovações implantadas na CDL de Muriaé foi a criação da “CDL Jovem”, braço da entidade que busca incentivar os jovens empresários da cidade a participarem das decisões e atividades. De acordo com Henrique Lourenço, diretor da CDL Jovem, trata-se da realização de um sonho. “Desde que fui convidado a participar da diretoria da CDL, em 2017, vi a oportunidade de formarmos uma turma de pessoas novas que possa atuar contribuindo para o crescimento da entidade. Os jovens empreendedores, que são nosso público-alvo, serão incentivados a participar de congressos, eventos, workshops e palestras voltados ao crescimento dos seus negócios. Consequentemente, teremos dirigentes lojistas que poderão, daqui a alguns anos, ocupar a diretoria sênior da CDL, com experiências de tecnologia e inovação”, afirmou Henrique, sem deixar de apontar a importância dos mais experientes no comércio da cidade. “Aprendemos muito com os diretores mais experientes, pois já conhecem há mais tempo a parte prática da atividade comercial e isso é fundamental”.

Leandro Latini avalia a CDL Jovem como um investimento para o futuro. “Nossa preocupação é com o futuro da CDL. Vemos que, por mais que sempre haja boa vontade e dedicação por parte dos diretores, precisamos de gente nova, com ideias novas para buscar esse equilíbrio. Graças a Deus temos uma turma nova e atuante na CDL”, encerrou.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *