Prefeitura de Muriaé envia nota sobre prêmio concedido à secretária de Educação

Na segunda-feira (6) a Prefeitura de Muriaé enviou uma nota sobre o caso do prêmio concedido à secretária municipal de Educação, Maria da Conceição Rodrigues de Souza, a Nininha.

Exibida no último domingo (5), no programa Fantástico, da Rede Globo, uma reportagem mostrou que premiações de dois institutos seriam suspeitas. Com isso, a produção do programa concluiu a existência de um esquema por trás das premiações concedidas a prefeitos, vereadores e secretários municipais.

Segundo a reportagem do Fantástico, as medalhas, que classificam os gestores em um suposto ranking após uma pesquisa de opinião pública, eram concedidas mediante pagamento. “As empresas que fornecem os prêmios são a União Brasileira de Divulgação, ou UBD, de Pernambuco, e o Instituto Tiradentes, de Minas Gerais. Juntas, as duas instituições promovem até 20 premiações por ano”, conta a matéria exibida no domingo.

Em julho deste ano a assessoria de imprensa da Prefeitura de Muriaé divulgou uma matéria sobre a premiação, que foi anunciada pelo jornal A Notícia e demais veículos de comunicação da cidade.

A matéria dizia que a secretária municipal de Educação, Maria da Conceição Rodrigues de Souza, “foi indicada para receber o prêmio destinado aos 100 melhores secretários de educação do Brasil nos primeiros 180 dias da gestão em 2018, de acordo com pesquisa nacional de utilidade pública realizada nas áreas de infraestrutura, transparência pública e responsabilidade fiscal da UBD, que tem por finalidade divulgar os melhores gestores do país que atendem aos requisitos de excelência em gestão pública”.

A premiação aconteceu durante o 17º Seminário “Os melhores do Brasil por um Brasil melhor”, no dia 27 de julho, em Recife.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à homenagem recebida pela secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer de Muriaé, a Sra. Maria da Conceição Rodrigues de Souza, Nininha, informamos que a mesma foi procurada diretamente pela empresa responsável. Na ocasião, a empresa informou à gestora sobre sua classificação em ranking realizado, segundo a organização, por meio de pesquisas de opinião pública, convidando-a para o evento de reconhecimento do mesmo. O município de Muriaé não teve nenhum gasto financeiro em relação ao evento.

Tais informações evidenciam que a secretária de Educação, Esporte e Lazer de Muriaé, assim como tantos outros homenageados, foi vítima de ato de má-fé praticado pela empresa responsável.

Com cerca de 40 anos de carreira dedicada à educação, a secretária Nininha sempre teve seu trabalho como professora, diretora escolar e, agora, gestora pública, reconhecido na cidade. A exemplo da questão profissional, também tem sua vida pessoal marcada por condutas corretas e ilibadas. Desde janeiro de 2017, na função de secretária Municipal, vem prestando relevantes serviços à nossa cidade e, também por este motivo, tem a solidariedade e confiança da Administração Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *