Projeto inovador em tecnologia para deficientes visuais está sendo implantado em Muriaé

Modelo criado pela Prefeitura pretende levar desenvolvimento educacional e tecnológico a pessoas cegas

A implantação do teclado em braile faz parte de um projeto inovador que está sendo desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, em parceria com a Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec Lab). O novo modelo, que está em fase experimental, pretende estabelecer diretrizes pedagógicas, terapêuticas e profissionais, levando aos deficientes visuais da cidade desenvolvimento educacional e tecnológico.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, observando a carência de ensino tecnológico para os deficientes visuais em Muriaé, adquiriu dois teclados para o projeto. Os equipamentos já estão sendo utilizados em um curso piloto que pretende estender suas vagas para proporcionar acesso às pessoas cegas de forma gratuita.

“O uso do computador é uma ferramenta para ampliação dos horizontes de todas as pessoas. A informática, por exemplo, traz uma série de recursos que são capazes de promover a interação dos deficientes visuais com o mundo”, ressaltou a secretária da pasta, Solange Montezano.

O projeto inovador está em experimentação nas dependências da Uaitec Lab, localizada próximo ao Centro Educacional Dom Delfim, na Barra. “Nós ficamos imensamente felizes pela conquista, tendo em vista que se abriram os caminhos para as pessoas que possuem limitação visual. Nós gostaríamos de aprender a informática com acessibilidade, e agora poderemos fazer isto”, disse o novo aluno, Pablo Norberto, colaborador do projeto.

Fonte: ASCOM PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *